AIG é a primeira seguradora a responsabilizar-se pelo ciberataque ao banco Capital One

Aproximadamente 106 milhões de clientes da banca foram alvo de violação da privacidade dos seus dados. Na sequência deste ciberataque, são cerca de doze as seguradoras que vão responsabilizar-se pelas indemnizações devidas pelo banco Capital One a estes seus clientes.

De acordo com o ECO, a AIG – American International Group está a liderar um grupo de cerca de doze seguradoras que serão chamadas a responder pela quebra de segurança no banco americano Capital One, ao qual um hacker tirou informações privadas sobre números de segurança social e contas bancárias de clientes nos Estados Unidos e Canadá.

Neste que já é considerado um dos maiores ataques da história da banca, os dados pessoais de 106 milhões de clientes foram expostos aproximadamente três meses até que um especialista, contratado para detetar este tipo de situações, alertou o fornecedor de serviços. O hacker, um engenheiro informático que já foi detido, aproveitou uma falha de configuração na plataforma cloud usada pelo banco para armazenar dados de cartões de crédito, que lhe permitiu roubar informações acumuladas ao longo de 14 anos. Estes dados – segundo a Kaspersky, uma multinacional de ciber segurança – podem ser usados ​​de várias formas pelos hackers, como, por exemplo, para falsificar identidades digitais.

Pode ler mais aqui

Related Posts

Leave A Reply