retrete de ouro

Roubada retrete de ouro. E não há seguro que a pague.

Esta é talvez uma das retretes mais conhecidas em todo o mundo. Esta sanita, totalmente em ouro, foi roubada este fim de semana do palácio de Blenheim, em Oxfordshire. Além dos 4,8 milhões de libras em que estava avaliada, há mais alguns milhares em estragos que terão de ser reparados, mas, até agora, ninguém sabe quem vai assumir responsabilidades. Não se sabe quem é seguradora, nem se a famosa retrete estava adequadamente segurada.

De acordo com o ECO, a polícia local confirmou ao Insurance Times que “houve danos significativos em materiais e em resultado da inundação que se seguiu”. A peça estava absolutamente funcional, ligada às normais canalizações do edifício.

O segurador e o teor da participação do sinistro ainda são desconhecidos, mas depreende-se que haverá, para começar, lugar a indemnização no âmbito de uma cobertura multiriscos ou similar.

Esta retrete faz parte de uma instalação artística, intitulada “América”, da autoria do artista italiano Maurizio Cattelan, em expoisção no Palácio de Blenheim. Habitualmente presente no museu Guggenheim, tinha sido cedida para uma exposição no Palácio que tinha começado dois dias antes de, na noite de sábado para domingo passado, um grupo de indivíduos em pelo menos dois carros ter perpetrado o furto.

O detective responsável pela investigação em curso alimenta a esperança de recuperar a famosa Retrete, considerada uma “preciosa peça de arte”.

Related Posts

Leave A Reply